sexta-feira, 20 de março de 2009

Estoy en Uruguay

Juro que tentei escrever algo antes de chegar aqui. Pensei em escrever como estava antes de viajar, de dizer que nao estava nervoso, nem ansioso nem nada. Acho que a ficha nem caiu ainda.
A viagem foi tranquila, nada a ser mencionado. A nao ser os cafes. Em todo o aeroporto de Porto Alegre havia cafes pra todos os lados. Ate MacCafe tinha (Cafe do MacDonalds). Eu estava preocupado com minha mala, afinal uma das coisas que mais se veh acontecer eh mala que vai pra um lado e passageiro para o outro. Ainda bem que deu tudo certo. No aeroporto, meu amigo Thiago jah estava me esperando. Fomos pegar um onibus, mas todos estavam muito cheios e achamos melhor pegar um taxi. Estou hospedado no Planet Hostel uma suruba cultural. Argentinos, Brasileiros, Uruguayos, Colombianos, Venezuelanos, Americanos e um Ingles (acho que tem um Espanhol tb). Como eu jah esperava a coisa mais complicada vai ser a lingua. Eles falam mais rapido do que ligeiro e ainda tem o sotaque, as girias e as prezepadas que toda lingua tem. Acabei de tomar cafe. O Pao daqui eh duro pra cacete e o Nescafe eh parece cha, eh super suave e nao tem de outro. Acho que 50% da populacao fuma e 100% toma mate! Todo mundo anda com uma garrafa termica com uma cuia de chimarrao. Tem ateh uma bolsinha feita soh pra carregar os apetrechos, a garrafa, a cuia, a bomba (o canudo) e o mate (acho que aquilo eh capim). A primeira fuleragem foi pra tomar banho. A torneira do chuveiro eh daquelas que pra um lado eh gelada e pra o outro eh quente e vc controla a quantidade de agua de acordo com a pressao que vc coloca na alavanca. Uma hora ficava morna, outra ficava gelada e as vezes fervendo, demorei pra conseguir deixar de um jeito que desse pra tomar banho tranquilo. O hostel eh perto de tudo. Dah pra ir a faculdade a pe, ao centro e a praia (que na verdade eh um rio que nao da pra ver o outro lado, mas a praia mesmo eh um pouco mais longe). Aqui a operadora eh a claro, vou ver se sobrou dinheiro pra comprar um chip. Vcs jah devem ter percebido, aqui nao tem acento. Esto es tudo por ahora, asta luego!!

5 comentários:

Junior Verme disse...

Duente!!!
kkkkkkkkkkkkkk
Tua mala vei tava pensando nisso tb
kkkkkkkkkkk
Porra essas torneira é foda duente...
Deve ser massa esse Hostel essa mistura de sotaques e etnias...
abraço duente.

O Notório mundo de Folha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joao vitor disse...

Mermão kd vc que naum liga!!!!
quero falar com vc duente!!!!
qual o seu numero ???

O Notório mundo de Folha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joao disse...

Aqui, no RS, as pessoas tbm tomam muito mata. Muita gente com uma bolsinha com as térmicas e cuia na mão. Quando não estão com as bolsas a térmica está em baixo do braço e a cuia na mão. Como é uma bebida quente, é muito bom no inverno, ajuda a aquecer. Experimente se puder nessa época. O mate tbm é conhecido como Chimarrão e ele é o símbolo de acolhimento do gaúcho com as pessoas. É uma cultura diferente mas bem legal.