segunda-feira, 28 de junho de 2010

Montevideo 28 de Junho de 2010

Hoje acordei às 7.30 e decidi arrumar meu quarto fingindo que nada havia acontecido ontem. O quarto já estava numa situaçao que eu não conseguia encontrar uma meia e impossível de levar alguma mulher pra dormir comigo, já que eu estava dormindo por cima de roupas, folhas de caderno, livros, dvds e outras coisas. Depois de juntar 3 bolsas plásticas de lixo, saí do meu quarto e vejo um recado grudado na porta do banheiro: Max é a sua vez de lavar o banheiro. Antes preparo um cafézinho e vejo se o jogo do Brasil ia ser transmitido pelos canais abertos (o vizinho descobriu que a gente tava roubando a tv a cabo dele e ele cortou o "gato") o jogo não ia ser transmitido, então decidi ver os e-mail e a programação da cinemateca (é um grupo de cinema que só passa filmes não comerciais, por exemplo esse mês estão passando filmes de um diretor da Polonia o Andrzej Wajda). Como não ia dar tempo de ver o jogo do Brasil e ir ao cinema às 17 e faculdade deixei pra lá. Na internet recebi indicaçoes das bandas Fino Coletivo e ForróÇacana. Lavei o banheiro ouvindo forró e já que estava no clima resolvi lavar o fogão. Tava foda! Quando eu digo foda eu quero dizer que tava um nojo. Faltava pouco pra que aquela coisa criasse bicho. Não sei como eles cozinham. Antes que você pergunte, eu desistí de cozinhar. Sempre que cozinho eu lavo o que eu uso. Mas antes de cozinhar eu tenho que lavar o que vou precisar. Não me parece justo. Decidí deixar a coisa crescer pra ver até onde chega. Sem panela pra cozinhar foi comer no Ashot e pedi um Shawarman. Uma comida armênia com carne e outras coisas, bem gostoso. Depois fui na faculdade reservar o estudio de gravação pra começar um projeto. Uma idéia que eu tive quando estava lavando o banheiro. Mesmo sendo uma coisa simples e sem nenhum tipo de complicação o cara me pediu um projeto escrito. Saco da porra. Depois disso fui no Clube Brasileiro assistir o jogo. Lá encontrei com a Maude, uma garota de Montreal, Canada. Conversamos depois do jogo e voltei pra faculdade começar a escrever o projeto da idéia que tive no banheiro. No meio da segunda pagina parei pra escrever alguma coisa que não tenha nada a ver com a idéia. É que eu gosto de ser interrompido quando estou fazendo alguma coisa, assim eu concentro minha atenção na coisa que estou escrevendo e minha criatividade trabalha melhor quando eu tô fazendo mais de uma coisa ao mesmo tempo. Nem escrevi esse texto pra ser engraçado nem pra contar o que eu anod fazendo aqui no Uruguay. Foi mais pra desenvolver a idéia e os pensamentos que tive no banheiro.

5 comentários:

jozimilton disse...

resultado: escreveu esse aki pra "nada" e o projeto que o cara pediu escrito... fica pra depois, de última hora, né!? rsrsrs...

Joelma disse...

eu ri na parte do contrabando de internet..
ForróSacana não presta,vá ouvir outra merda..AFF!
Saudades Sempre!
Beijão

Junior Leite disse...

Mermaum tu é um duente mesmo, gato de tv a cabo aqui é moda vei kkkkkk.
Fino coletivo é bom, e o nome do blog já diz tudo né?
Duente du karai!!!
Imaginei esse teu Foda!!! Fez papel de Jack Bauer pra limpar esse fogão kkkkkkkk

Maxmilla Barroso disse...

Olhei pro fogão e disse: Damm it!

@bellanogueiira disse...

ashsauhasuh
Legal, e o projeto como ficou? Ou não ficou?
E mais cuidado ao fazer gato na tv a cabo.
Beijos ;*

bellanogueiira.blogspot.com